Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Grito com poesia

Grito com poesia

Numa folha branca nasce as primeiras palavras,
Busco no meu universo a poesia.

Os versos tornam-me útil e sou uma arma social, preencho a voz do meu povo,
Não preciso de normas e rimas para compor uma bela mensagem.

Com a arte das palavras a opressão desaparece, amplio questionamentos
E exponho as minhas idéias.

Sou artista para recitar em praças públicas, confortar os atingidos
Por sentimentos presos e afogados pela dor.

Escrevo e acendo uma luz para  a viva sociedade,
Sem acesso a palavras, distantes de reviravoltas,
mas com a minha força de expressão consigo atingi-la.

Trago esperança mútua e desperto ânsia em causas alheias,
Não importa a etnia ou classe social,
Interessante é definir o seu próprio eu,
Estabelecer fronteiras real ou imaginária,
Traçar o próprio caminho
E revelar o real sentido da poesia
Tatiana Deiró
Enviado por Tatiana Deiró em 28/09/2007
Código do texto: T672814

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tatiana Deiró
Salvador - Bahia - Brasil, 37 anos
21 textos (756 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 15:07)
Tatiana Deiró