Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Atualmente HUMANO.

Sempre que tentei escrever, me distanciei do mundo.
Sempre que tentei viver, me adiantei um segundo.
Sempre que tentei falar, me arrependi no final.
Sempre que tentei chorar, me concentrei no jornal.

Sempre quis voar pra longe.
Sempre caí no primeiro bater de asas.

Acho que não sou passarinho.
Acho que sou humano até demais.
Léo Rigotto
Enviado por Léo Rigotto em 29/09/2007
Código do texto: T673263

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite: "Léo Rigotto, em http://baloubet.blogspot.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Léo Rigotto
Ouro Fino - Minas Gerais - Brasil
16 textos (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 13:29)
Léo Rigotto