Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um Dia sem minha Vida

Um dia, todos os dias serão noites... Serão tardes perdidas ou manhãs amanhecidas.
Todo o tempo que se foi, será passado sem vida
Serão momentos com lembranças vazias,
A memória faltará
A coragem morrerá
O medo permanecerá...
A velhice ditará o que será

Um dia, todos os dias serão os mesmos,
Sem presságio do que é perfeito,
Sem pressa, pereceremos

Um belo dia, envelhecer será feio
Os sonhos enclausurados, serão imperfeitos
Farão falta para todos os erros, nossos acertos...

Um dia, todo o silêncio do mundo será o que nos resta
Palavras ditas serão perpétuas,
Palavras não ditas serão promessas

Um dia,
Rir será vã filosofia
Chorar, nos fará calar
Ser sério será como assassinar – tiro certo no que não pensar

Um dia,
Todos os segredos serão cemitérios de desejos
Qualquer prazer, não terá o que gemer

Um dia, todo mundo dorme e para sempre.
Porque mentiras deixarão a verdade doente,
Porque um dia sem minha vida, serei ausente...

Um dia, a voz do mundo será uma, e a sua – como todas, muda.
Muda, mudo...
Muda mundo!
_____________________________________________________

Dedicatória:
Para os jovens de hoje, que serão os velhos de amanhã...
Para os velhos de ontem, que são os exemplos de hoje.
Para todos,
Que um dia serão ninguém...
Porque a morte está para todos, como todos os jovens estão para velhice...
gilvania
Enviado por gilvania em 29/09/2007
Código do texto: T673405

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Gita Habiba). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
gilvania
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 40 anos
308 textos (109662 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 04:04)
gilvania