Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tempo

Eu estou sentado, ouvindo música,
Vendo o tempo passar sobre mim
Como a água que pelos meus dedos
Passa para se perder no seu destino.
Eu vivo bem, evitando obstáculos;
Evito às vezes mesmo pensar;
Pois pensar é tomar consciência
E redescobrir o mundo à volta.

E continuo meu exílio
Em mim mesmo, acreditando
Viver um paraíso eterno
Por mim mesmo construído.
Mal sei eu, pobre infeliz,
O grande engano que cometo
Fugindo do mal exterior
Para penetrar no abismo profundo
Dos meus monstros interiores,
Que são capazes de, em silencio,
Devorar, levar à loucura,
Induzir falsas idéias
De brilho duvidoso e destino incerto.

E assim vou levando
Minha existência tranqüila,
Tendo meu sorriso como garantia
Da alegria de viver em paz,
Fingindo estar alheio ao resto,
Que como algo insidioso, vil,
Sorri, afaga, atrai e destrói...


HERMES
Enviado por HERMES em 29/09/2007
Código do texto: T673409

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
HERMES
Franca - São Paulo - Brasil
85 textos (4367 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 07:58)
HERMES