Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PEQUENO DESABAFO À MEIA-NOITE E DEZ

                                     
 
       Flores brancas na madrugada
       pétalas em suave queda
       sobre tuas mãos tão pálidas
       de dentro das torres deste castelo
       esta música invade o espaço
       e somos tão frágeis em nossas
       esperanças
       e somos tão pobres em nossas
       pequenas idiossincrasias
       o relógio já deu as doze badaladas
       e você ainda está aí olhando
       sem nada ver
       suspensa em intenções tão vagas
       olhando os carros lá embaixo
       suspensa na janela do décimo quinto andar...
       você já ouviu dezenas de vezes a
       mesma música e mesmo assim
       não consegue encontrar uma forma
       de fugir desta beira de precipício
       e nem todos os cálices de vinho
       vão aliviar esta dor pontiaguda
       que se cravou em teu peito
       tendo passado tantas vezes
       diante da mesma porta
       e tantas vezes não tendo tido
       a coragem para entrar
       Deus salve as travas que
       te impedem de transgredir
       e o diabo que permita
       a você uma morte rápida
       pois que se pela vida tens passado
       sem estremecimentos
       que tua morte não permita
       o vislumbre de convulsões nunca
       alcançadas.
   
 
tania orsi vargas
Enviado por tania orsi vargas em 30/09/2007
Reeditado em 06/04/2008
Código do texto: T674227
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
tania orsi vargas
Taquara - Rio Grande do Sul - Brasil
772 textos (51482 leituras)
4 áudios (521 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 07:11)
tania orsi vargas