Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA CABEÇA


Minha cabeça
Parece parque de diversão
Palavras inquietas perambulam
Fazendo a maior confusão.

Dia e noite
Sem descanso
Arrumo daqui e dali...
Preciso de um remanso.

Para não enlouquecer
Ando com papel na mão
Pra parir as minhas crias
Antes que caiam no chão.

Quando tinjo folha em branco
Descanso um pouco a mente
Mas é por pouco tempo...
Até começar tudo novamente.

Vivo, durmo, acordo...
Respiro e degusto poesia
Penso em versos
Parece até bruxaria.

Coisa botada,
Magia ou assombração
Estou vendo se encontro
Onde desligar o botão.

Parece que tenho
Parafuso frouxo na cabeça
Ou devo aproveitar a veia poética
Antes que desapareça?
Fátima Feitosa
Enviado por Fátima Feitosa em 30/09/2007
Código do texto: T674417

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fátima Feitosa
Mossoró - Rio Grande do Norte - Brasil, 51 anos
1490 textos (94419 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 07:02)
Fátima Feitosa