Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DE SÚBITO...
Juliana Valis



De súbito, o verso veio em minha mente

Na corrente vida que nos faz humanos,

E todo sentimento vago,
inconseqüente,

Tornou-se só vertigem em sonhos já tão planos...



E meu coração como um mar sem calma

Desagou apenas no labirinto em nós,

Transcendendo o tempo que existir na alma,

Sentimento autêntico em versos sempre sós...



Universos, ternos universos do verdadeiro amor,

Mostrem-nos o sentido que conduz à
vida,

Além da despedida no que houver de dor,

Além do próprio tempo, em cada breve lida !



E, assim, veremos muito além do mundo

Cada intrépida emoção rendida

Na estrada, enfim, do coração profundo

Em cada sol fecundo que nossa alma abriga.



----
Juliana Silva Valis
Enviado por Juliana Silva Valis em 30/09/2007
Reeditado em 30/09/2007
Código do texto: T674872

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Silva Valis
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
3973 textos (883709 leituras)
4 e-livros (1863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 20:46)
Juliana Silva Valis