Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MULHERES E MULHERES

Há certas mulheres que se deve presentear com flôres
antes de conhecê-las, porque depois . . .
nada teremos para oferecer, talvez apenas um vício do olhar.

Há certas mulheres que só funcionam na imaginação masculina,
sem trem de pouso no mundo verdadeiro,
mulheres de alma no mundo da fantasia.

Como feiticeiras , marcadas no imaginário infantil.
onde a ingenuidade impera,
que engole o coração, onde o mundo é vulnerável.

Mas há mulheres certas também,
que ao conhecê-las devemos estar no jardim,
onde o beijo faz nascer asas nos pés.

Mulheres de verdade, que nos liberta da ilusão,
reflexos do ideal do lado real, vênusianas, mas espirituais,
mulheres certas , que dão sentido ao masculino.

As ancestrais, a favor da natureza,
que montam o quebra –cabeça, mas não jogam.
Vivem apenas a vida como se deve

Sempre haverá certas mulheres e mulheres certas,
as dos espelhos e as do lado claro da lua,
as que vivem para se vestir e as que vivem naturalmente nuas.

As de mil bocas para um beijo e as de mil beijos para uma boca,
as sem ponteiros e as que sempre nos pontua,
as que vivem a se revestir e as que vivem naturalmente sua.

Naldo Coutinho
Enviado por Naldo Coutinho em 05/11/2005
Reeditado em 05/11/2005
Código do texto: T67542
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Naldo Coutinho
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
111 textos (6976 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:05)
Naldo Coutinho