Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Epílogo"

emergindo da loucura
em êxtase, insanidade.
sob movimentos rápidos
ela corre tentando aflorar

de volta para o cotidiano
relapso, vão, clemente.
se adequando à sobrevida
olhos de marasmo aguardam

tênues, esboçando sorrisos
mantendo a têz tranquila...
elo!, não há maior hipocrisia
árdua, sem sal, dual, final.

sem esperanças mais nada:
lacunas, opções, garantias.
apenas bebe do fel 'cozido'
e 'vomita' frases mal feitas.
Debora F
Enviado por Debora F em 01/10/2007
Código do texto: T675791

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Debora F
Arco-Íris - São Paulo - Brasil
109 textos (4581 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 02:01)
Debora F