Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUE GOSTO AMARGO!

Eu sorvi até a última gota.
Com bravura encarei a parte mais dura.
Esvaziei o copo.
Mas o gosto amargo que me ficou na boca me transformou.
Me suavizou.
Descobri a força do ser que eu sou.
SONIA DELSIN
Enviado por SONIA DELSIN em 01/10/2007
Reeditado em 09/04/2011
Código do texto: T676467

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SONIA DELSIN
São Carlos - São Paulo - Brasil
4693 textos (80907 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 12:16)
SONIA DELSIN