Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ELE NÃO POSSUI OS DENTES MANDIBULARES

Ele não possui os dentes mandibulares.
É doce, meigo e espirituoso.
Alegre, simples, mas pobre e ...
não possui os dentes mandibulares.

É bonito o danado, tem cabelos no peito,
na barriga.
Ombros largos e braços fortes,
gostoso e charmoso, mas...
pobre.

Não tem os dentes mandibulares
o pobre,
mas é lindo e inteligente.

Sabe conversar, entende de tudo...
sabe das coisas o homem,
gosta de ler os jornais, discute política
é sábio, é povo,
e... não tem os mandibulares.
Me atraí, excita, mexe com minhas fantasias
o homem grisalho e brasileiro.
Alto, andar diferente, sorriso fácil,
mas sem os dentes mandibulares.

Quero-o em meus braços,
sentir de cheiro, corpo, calor.
Sentir sua voz sussurrar aos ouvidos
meu nome.
Mas sem os dentes mandibulares ... como?

Suas mãos, dedos alongados,
olhos brilhantes de desejo incontido,
contido nos sonhos perdidos no tempo.
Sem os dentes mandibulares.

Pobre sou por covarde,
insegura, medrosa.
Pobre mulher que tem medo do beijo
de homem sem os dentes mandibulares.
 


Anália Maia
Enviado por Anália Maia em 05/11/2005
Código do texto: T67655
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anália Maia
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 67 anos
12 textos (660 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:30)
Anália Maia