Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                                Só letras?!

         Luiz Claudio Bento Da Costa.


O meu deserto é cheio de gente,
porque a minha vida é comum
e ninguém sabe das terras
que o meu coração anda.

Estou aqui,
mas viajando além mar,
em lugares que nunca vi.

Às vezes procuro a nudez de tudo
para um recomeço.

Passando o tempo no tempo,
me confundo comigo mesmo,
multiplicando a minha sorte,
esbarrando na realidade apagada,
que os meus olhos não conseguem ver.

Fiel, 
encontro só a estrada que é o caminho,
porque é o que me resta.

Vou sobreviver,
talvez seja a minha sina,
mas, quero aqui fazer o meu apelo,
da forma mais sutil
que a minha arte permite,
na poesia desse poeta,
que caminha por entre 
as letras.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 02/10/2007
Código do texto: T677146
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 55 anos
735 textos (26745 leituras)
1 áudios (177 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 22:17)
Condor Azul