Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Penso, logo escrevo.

Cansei de escrever pensamento.
Agora eu sou da noite, do vento.

Sinto o apagar da chama,
sinto a morte.
Sinto o fim de quem ama,
Sinto a sorte.

Vejo, porém desejo.
Olho, mas não me molho.
Penso, porém despeço.
Choro, mas não imploro.

Cansei de falar momento.
Agora eu canto, me apresento.
Léo Rigotto
Enviado por Léo Rigotto em 02/10/2007
Código do texto: T677227

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite: "Léo Rigotto, em http://baloubet.blogspot.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Léo Rigotto
Ouro Fino - Minas Gerais - Brasil
16 textos (410 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 23:03)
Léo Rigotto