Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ABANDONADA

Ele a deixou a chorar...
Dizendo que ia a felicidade buscar.
A mulher olhou todo o caminho percorrido.
Não encontrou sentido.
Mas nem tudo tem explicação.
Ela pensou que pudesse ser uma provação.
Os dias trazem surpresas.
Os dias levam as tristezas.
A mulher abandonada já pode dar risada.
Do passado, de si, dos outros... da vida.
Ela pode rir porque agora é borboleta.
Da crisálida se libertou.
A bela borboleta voou.
De encontro a um novo tempo que lhe chegou.
SONIA DELSIN
Enviado por SONIA DELSIN em 02/10/2007
Reeditado em 09/04/2011
Código do texto: T677428

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SONIA DELSIN
São Carlos - São Paulo - Brasil
4564 textos (80356 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 06:50)
SONIA DELSIN