Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA AMIGA...

Pedi em minhas preces que Deus me enviasse
Alguém que como eu buscasse apenas um
Amor maravilhoso, em prol do bem comum
E nunca, em tempo algum, jamais me abandonasse...

O tempo se passou e eu me tornei ateu
Pensando ter rezado ao vento, no deserto...
Porém o que eu pedi estava ali tão perto,
Que quase se fundia às partes do meu "eu"...

Menina, era você! Por que não te enxerguei?
Fiz-te vários poemas... Nunca te entreguei
Por medo, por vergonha, respeito ou fadiga...

Temia me cortar com um "não" inibidor...
Por isso me contive, com medo da dor
De ferir teus princípios e afastar a amiga...

 

Nizardo Wanderley
Enviado por Nizardo Wanderley em 03/10/2007
Código do texto: T679213

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nizardo Wanderley
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
679 textos (92839 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/17 20:58)
Nizardo Wanderley

Site do Escritor