Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se nada houver,..... Só há vazio.

Poesia on-line para o dia 14-09-2007
Mote

 Se nada houver...Só há vazio


Todos os dias,  todas as horas.
Há sempre o dia, e a noitinha,
Há nevoeiro pela matina.
O sol se põe, pela tardinha.
Há chuviscada, tão cobiçada.
Quebra o ardor, da calorada.
Há sempre gente, emocionada.
E meninada, joga à apanhada.
Há na rua um pregão contente.
“Há peixe fresco ó minha gente”
E na igreja um noivo ardente,
espera a noiva, tão atrasada.
O Sr. Germano, foi a sepultar,
e todo o mundo, se põe a chorar.
Há muita gente, que jogam bilhar,
e outros cansados, a trabalhar.
A existência, não está vazia.
Vazios estão, os corações.
Se em nada disto houver razões.
.


De tta


11:47

14-09-2007


Tetita
Enviado por Tetita em 04/10/2007
Reeditado em 04/10/2007
Código do texto: T679862

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tetita
Setúbal - Setúbal - Portugal
1397 textos (80765 leituras)
65 e-livros (5629 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 15:49)
Tetita