Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sobras de uma Mentira



Ótima caminhada te deseja o universo. Teu reflexo não mais responde, somos os filhos perdidos da escuridão a procura das trevas libertadoras, somos nós a luz que ilumina o mundo, dupla face de coragens.

Homenagens não falam nada, desimportante do que se guarda no lugar certo. Da longitude das loucuras, somatória de ignorantes informações, tecnologia mista de antiguidades.

Suspeitos de seqüestrar o sol  pode ter sido qualquer um de nós, secretamente o furtamos todos os dias, levamos como jóias nos dedos, determinados a romper os obstáculos, como bombas a explodir a fraude.

Imenso tapete de flores, onde piso sem olhar para trás, navegando em oito caravelas, travessia mórbida de oceanos, onde a rainha me ensinou a contemplar a apenas o brilho quando podia ter em mãos o ouro.

Composição de céu e lua, deposita na minha memória a tua. Posses de fortuna em mãos cheias de terra onde semeiam sonhos. Gera ambigüidade, gera perdição, gera apocalipse de sangue.

Era simplesmente o fim de tudo. Questão de segundos a total perda. Vivi a sina de todos os seres humanos, de alguém famoso chamado vida... Conseguiu ela me vencer, me fazer ver que nunca fui dono de mim mesmo.


Douglas Tedesco – 08/2004
Douglas Tedesco
Enviado por Douglas Tedesco em 04/10/2007
Código do texto: T680459
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Douglas Tedesco
Tijucas - Santa Catarina - Brasil
319 textos (57285 leituras)
35 áudios (2920 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 04:44)
Douglas Tedesco