Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vaso quebrado

Seus olhos afoitos se reviravam
Olhavam para todos os lados
Para ver se alguém avistavam
Remexiam-se como dois dados
Ficou por um tempo paralisado
Não sabia o que deveria fazer
O vaso de sua mãe quebrado
Só lhe restava então dizer:
Fudeu
BOI (Luciano Alencar)
Enviado por BOI (Luciano Alencar) em 06/11/2005
Reeditado em 01/04/2006
Código do texto: T68148
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original).
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BOI (Luciano Alencar)
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 29 anos
246 textos (25429 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:23)
BOI (Luciano Alencar)