Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Possessividade

Quando ela se olha no espelho
Não vê o seu corpo molhado ou seco,
Rugoso ou suave, sorridente ou triste

Quando ela se olha no espelho,
A primeira impressão é agressiva
De negar a essência, em prol da aparência
Uma ânsia tão vaidosa e perdida

Quanta beleza vai-se perdendo
Na maquiagem de um orgulho que não se maquia
Só importa ser alguém que impressione
- Quem és tu, pergunta lá do fundo dos olhos
E a resposta, quem dá é o corpo que se apronta.

A segunda impressão: a dúvida
É o corpo quem não se agrada da alma,
Ou a alma que não se acha no corpo?

A terceira impressão: a impotência diante de si mesma
Seus valores ofuscando a própria imagem
Profundo espelho, sempre o mesmo a representar
Agora é quebrado
Estilhaçado no ódio possessivo
Da mulher que sorri ensangüentada.


lucheco
Enviado por lucheco em 05/10/2007
Reeditado em 04/11/2007
Código do texto: T682461
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
lucheco
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 37 anos
128 textos (62732 leituras)
6 áudios (1219 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 14:43)
lucheco