Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Prudência.

Foi com muita insistência,
Que consegui ver prudência
Num vestido cuja transparência
Mostrava toda sua corpulência

Foi com muita experiência
E um bocado de influência
Que consegui uma audiência
Só para falar com prudência

Aproximando com inocência
para não espantar prudência
Senti exalar forte essência
Que me deixou na impaciência

Esqueci a inocência
parti para a violência
e com muita antecedência
Exigi de prudência maior convivência

O olhar de prudência
era de advertência
Mas com muita urgência
confirmei minha carência

Depois de tanta insistência
Para conquistar prudência
Descobri com minha experiência
e longa convivência
Vejam só, que Prudência
Sofria de demência.





























 
paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 07/11/2005
Reeditado em 23/06/2014
Código do texto: T68402
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2589 textos (470162 leituras)
57 áudios (6064 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:53)
paulo cesar coelho

Site do Escritor