Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Loucura Silênciosa

Dedos finos brincam através da cortina
Um sombrio riso ao fundo
Um longo grito agudo
Dor que desatina

Dor e esperanças quebradas
O grito mudo
O grito eterno, o grito agudo
Olhos fechados e mãos atadas

Mais um dia que amanhece
tédio e mesmice
Minha vida que esmorrece

O grito que ninguém ouve
O grito que me deixa louca
O silêncio que ecoa pela alma, vazia.
Anariel
Enviado por Anariel em 08/10/2007
Código do texto: T685661

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anariel
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
13 textos (983 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 08:30)
Anariel