Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poeira social.

Procuro correr das minhas posições perante os sábios
Prefiro desaparecer de vista
Deixar de ser o ponto de reflexão
E ser somente telespectador curioso e com razão.
O desespero do publico é um fato inteligente
Somos vítimas da realidade que se esconde
Da poeira da sociedade
E dos rastros dos ratos que ficam a cada dia.
Concluir as normas que me pediram
E deixo o mar levar as minhas falhas
Preciso de alto ajuda e não de leis reformuladas
Daqui em diante, o barco levará as qualidades.
E será a única saída dos que ainda querem a liberdade!

cléo
Enviado por cléo em 08/10/2007
Código do texto: T685796
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
cléo
Jardim do Seridó - Rio Grande do Norte - Brasil, 34 anos
143 textos (7927 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 23:08)
cléo