Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As Lágrimas do Amor

Hoje o dia acordou triste,
Entre o céu e a terra
Nuvens branco cinza
Em velocidade colidem.

O vento na superfície entra no ritmo
E como um louco apaixonado
Abraça-se a jovem arvore,
Que Indefesa fica sem opção
Vergando-se ao bruto cio
Que a desenterra do chão.

Cedo do dia vem o escuro da noite
A terra fica em reboliço,
Como num hospício escuta-se gritos
E uma forte energia, espreita pela frecha do breu.

A lista de convidados se completa,
O noivo é ausente, mas deixou
O amor em forma de vapor
Causando uma forte emoção
Que se transforma num rio de lágrimas…
Ulisses Maia
Enviado por Ulisses Maia em 08/10/2007
Código do texto: T686026

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Transferencia Bancaria para uma conta a indicar por mim.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ulisses Maia
Luanda - Luanda - Angola, 54 anos
903 textos (71427 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 06:14)
Ulisses Maia