Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Exílio



Brado aos quatro cantos à dor
Refugiado no coração está o amor
Exilado por ter se exaltado
Preso politicamente correto.

Solitária alcova cinza parda
Agasalha os versos adormecidos
Vão a lugar nenhum
Libertos nas asas da imaginação.

Ali confinado, desejos maltratados
Estopim de paixão
Liberdade não é o caso
O amor apartado resignado.

Jamaveira



Jamaveira
Enviado por Jamaveira em 09/10/2007
Código do texto: T686900
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jamaveira
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 63 anos
1943 textos (97640 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 21:57)