Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quero embriagar-me de vento

Quero embriagar-me de vento,
absorver-me num temporal,
intenso, real.
Quero raios fulminantes
barulhosos, trovejantes
a trespassarem-me por dentro,
avivando meu alento,
para que vá mais adiante.
Quero que tu cantes, que eu cante,
sob a geada fria
depois do silêncio do dia,
e logo me cubras de neve
num momento adormecido, breve,
para que gelem as memórias
das afligidas histórias
já derramadas sobre mim.
Quero, depois da tempestade
acordar em liberdade,
num mundo menos denso,
onde o sentir imenso
seja a verdade de ser.
Isabel Fagundes
09/10/07


Luna Blue
Enviado por Luna Blue em 09/10/2007
Código do texto: T687500

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luna Blue
Portugal, 51 anos
49 textos (1789 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 18:48)
Luna Blue