Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fiz poesia ao som de música

Fiz poesia ao som de música
Quis música poética, quis lua
Quis tal qual bronze que ofusca
Fiz nada belo, quis bronze e você nua.

Quis morte, vinho, silêncio
Fiz poesia ao som de música
Música muda, sem essência
Sem poesia, sem nenhuma loucura.

Diz pra mim se quer assim
Que eu preparo a orquestra
Se quer, nua, dançar pra mim
Que preparo quão rápido nossa festa.

Quis vinho, rosas murchas e velas
(Como todos nós queremos a elas)
Música, vinho, poesia, tudo, todas velhas
Tudo velho, menos ela - a mais bela.

Quis você música, quis eu poesia
Fiz o que qualquer poeta faria
Quis ser agora toda negra fantasia
Quis tudo que você não queria.
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 08/11/2005
Código do texto: T68765

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
958 textos (30824 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 11:08)
Júnior Leal