Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tempestade



Deixo o vento pintar minha dor
Depois a Lua partirá meu ego
      Não vou chorar
Nem teimar essas vestes,
Um horizonte de planos esquecidos
Em algum porto ou qualquer
Outro lugar que o vento desfez.

O coração perfurado
Baila o seco som da vaidade,
Nessa contabilidade da dor
Os olhos se calam, nem dormem.
Submersos na ilha desfigurada
Cheia de canções perdidas.
Quero escrever a dor
De dentro dela no estado mudo
De noites sem caminho
Que choram e perdem.




                                        ICE... São Paulo, 07/10/07.





Jane Krist Coffee
Enviado por Jane Krist Coffee em 10/10/2007
Código do texto: T688365

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Jane Krist Coffee). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jane Krist Coffee
São Paulo - São Paulo - Brasil
504 textos (68952 leituras)
1 e-livros (1205 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 20:16)
Jane Krist Coffee