Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Adeus, meu amor
 
Era primavera, quando partiste...
Lágrimas rolaram, quando saíste...
Senti-me irremediavelmente só.
Paralisei. Minha vida era um nó.
 
O tempo encarregou-se de abrandar
a paixão que estava a me torturar.
Não era mais a mesma, entretanto.
Havia sido grande o desencanto.
Mardilê Friedrich Fabre
Enviado por Mardilê Friedrich Fabre em 10/10/2007
Código do texto: T688577
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mardilê Friedrich Fabre ( http://www.recantodasletras.com.br/autores/mardile)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mardilê Friedrich Fabre
São Leopoldo - Rio Grande do Sul - Brasil
1405 textos (1503883 leituras)
151 e-livros (19798 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 14:55)
Mardilê Friedrich Fabre