Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um cais em solidão...

Um cais em solidão...



Na solidão deste cais
Nunca mais...
As palavras se foram ao vento
Tornaram-se lamento...
Ecos de um passado
Passado... Passado...
Que torna à lembrança
Lembrança... Lembrança...
Uma vez mais
Aqui neste cais...
Ancoradouro de meus sonhos
Dantes felizes, hora tristonhos!
Inevitável pois é partir...
Partir... Partir...
Ao velejar de um coração só
Só... Só...
Cais... Cais... Cais...
Não mais...





Santaroza
SANTAROZA
Enviado por SANTAROZA em 08/11/2005
Código do texto: T68865

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
SANTAROZA
Zacarias - São Paulo - Brasil, 61 anos
138 textos (4007 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:27)
SANTAROZA