Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Violência, este ato, nunca mais!...


Sua aparência era quase de um mendigo,
corpo e roupa com sujeira de vários dias,
barba comprida, e suja também,
difícil alguém saber que essa criatura
era um homem de apenas trinta anos,
seu perambular hesitante pelas ruas
misturava-se com os inúmeros vagabundos
daquela grande metrópole do nosso grande Brasil,
mas coitado, pior do que a maioria dos vadios,
porque não só seu corpo estava mal,
sua alma sim, completamente em farrapos,
seus pensamentos como seu caminhar um tanto confusos,
nem por isso seu raciocínio deixava-o entender
o labirinto que entrou por causa de seus atos,
aquele moço, já tivera uma vida normal,
até a sua situação financeira não era mal,
o mais importante, sua família,
esposa e os dois filhos que ele poderia faze-los felizes,
o relacionamento no lar deteriorou
por causa de seus ciúmes infundados,
suas obrigações de pai que ele achava apertados,
mas enfim só agora reconhecia a felicidade perdida,
começava a reconhecer o que o seu lado violento propiciou,
quando chegava em casa em fúria, maltratava esposa e filhos
transformando a vida de todos em regime de imenso terror,
transformação se deu unicamente porque ele jogou fora o amor,
aquele tormento estava sendo implacável com seu viver do momento,
o seu pensamento começava a ficar decisivo,
repetindo com sigo mesmo: violência, este ato, nunca mais!...
queira Deus que ele consiga reatar com a família perdida,
ou mesmo em outro relacionamento nunca cometa este ato pérfido,
porque a vida, às vezes, é mesmo um reciclar,
pode-se transformar os atos nocivos, que massacram o presente,
em atos tão benéficos tornando o amanhã completamente reluzente!...
   
José Lourenço Florentino
Enviado por José Lourenço Florentino em 10/10/2007
Código do texto: T689238
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Lourenço Florentino
São Lourenço - Minas Gerais - Brasil, 72 anos
361 textos (8414 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 22:26)
José Lourenço Florentino