Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BRINQUEDOS PARA A PAZ!

Hoje brinquei como ninguém
Está no coração, na mente
O que gosta, esta miúda gente
Minha proposta: desenvolver brinquedos
Para quem não pode tê-los, comunitários
Brinquedos artesanais, como carro do Pedro
Que hoje serviu para um treino do Grand Prix
Na quadra de esportes, autódromo Pequi!
Deixemos de lado os carros de guerra
Fabricaremos só carros normais
No para-choque se escreve:Paz!

Preciso, então, de um tempo para planejar
Não é brinquedo, construir brinquedos bons
Com baixo custo, os brinquedos
Que sejam atraentes e robustos
Que não ofereçam riscos pra crianças
Que chegam na esperança de um dia de lazer
Brinquedo educativo, quero oferecer
Brinque com o carro, aprendam a dirigir
Respeito às pessoas, ao meio ambiente
Como pedestre, respeite o carro a trafegar
É nosso compromisso, cuidar desta gente!

Sobradinho-DF,            12/10/07 - abello
abello
Enviado por abello em 12/10/2007
Reeditado em 09/10/2009
Código do texto: T691414
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
abello
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 75 anos
937 textos (65617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 15:11)
abello