Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VEM

Vem do geito que estiver
Suada, cansada, mulher,
Que eu te quero só pra mim;
Tira a roupa, toma um banho,
Vista o babydoll castanho
Que esta noite terá fim.

Vem bonita, não se acanhe,
Beba um pouco de champagne
Antes de tudo começar;
Ouça a música preferida,
Seja o bem da minha vida
Eu só quero te amar.

Vem meiga e deliciosa
Como um botão de rosa
Alegrar o meu viver;
Serei teu Eros perfumado,
De corpo febril e alucinado,
Cheio de energia e prazer.

Vem, diga que me ama,
Desnuda-me na cama
Como uma vadia de bordel;
Faça tudo que quiser,
Seja erótica, bem-me-quer,
Transborda-me de mel.

Vem nua, sedenta e louca,
Beijar a minha boca,
Me tirar da solidão;
Apaga o fogo da minha alma,
Delira teus gozos e acalma,
És a dona do meu coração.
Carlos Melgaço
Enviado por Carlos Melgaço em 12/10/2007
Código do texto: T691522

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Melgaço
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 59 anos
1148 textos (33650 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 10:16)
Carlos Melgaço