Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AONDE EU MORO... ?


        Ary Bueno [ O Príncipe dos poemas e do amor ]

Leia, meus versos, hoje, cheios de tanta dor
Sinta a vibração da paixão que em mim vive
Olha em meus olhos, e verá a imagem do amor
Entra em minh'alma, e seja o luz que nunca tive

Seja o sangue, que todo meu corpo  alimenta
Seja o bater, deste coração que tão saudoso
Viver somente de tua lembrança, já não aguenta
Venha, afastar de mim este sofrer tão maldoso

Tira do peito do poeta, esta imensa amargura
Mate para sempre em mim este louco desejo,
Que é para mim, a mais saudosa e  cruel tortura
De sorver, o sabor de mel, do teu suave beijo

Meu corpo hoje gela, sem a suavidade de teu calor
Meus sonhos, se transformam em pesadelos sem fim
Minha vida esta tão vazia, tão solitária, sem teu amor
Que já não sei mais, o que a vida reserva para mim

Mintas que já não me amas, mintas que você já me esqueceu
E então serei um morto-vivo, pela vida afora a caminhar
Sem o amor que um dia, você docemente a mim  deu
Mas eu sempre saberei... que em teu coração estou a morar....





Principe dos poemas e do amor
Enviado por Principe dos poemas e do amor em 14/10/2007
Reeditado em 14/10/2007
Código do texto: T693595
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Principe dos poemas e do amor
Aquidauana - Mato Grosso do Sul - Brasil
873 textos (106746 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 07:40)
Principe dos poemas e do amor