Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De braços dados com Fernando Pessoa - Divagando sobre o sonho -

    “Persiga um sonho, mas
o não deixe viver sozinho.”
Porque um sonho é algo que nos cala fundo,
um etéreo dentro de nossos corações,
um sonho não é um sonho apenas,
ele vem recheado de cargas lúdicas,
envolto em sentimentos perturbados.
Totalmente irreal, mas existe, e paira
em nosso peito confuso,
abarcando bagagens de amor intensas.
Porém certas de seu existir.
Um sonho pode ficar ali olvidado,
se mostrando irreal, mascarando
o que de verdadeiro existe
dentro de nós, fora do alcance
do que a palavra amor se mostra.
Um sonho é sangue nosso,
mesclado em fantasias, e estanca,
aquilo que não queremos enxergar.
Um sonho é muito mais que isto:
é um se dar constante, perene;
é lutar internamente com nossos eus,
não deixar que se esvaia,
estar sempre atento, presente,
mostrando a que veio, nutrindo
de atenção e amor, abonado
de crédito, investigação ou cunho.
Um sonho, o meu, o teu: a paixão
marcará com ferro em brasa
meu coração e o teu, no escuro!



     


                                       14/10/07 – 15:41

Vera Sarres
Enviado por Vera Sarres em 15/10/2007
Reeditado em 11/11/2012
Código do texto: T694600
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.sitedoautor.net"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vera Sarres
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
114 textos (4154 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 11:36)
Vera Sarres