Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INDIG-NAÇÃO


Há muito venho pensando
Na situação do povo desta nação
Que segue sem rumo, braços dados ou não!
Em busca de um futuro, sonhando!

Com saúde e educação
Mas encontra insegurança
Na violência constante
vivida a cada instante

Bandido matando inocente
Policial fingindo matar ladrão
No entanto andam juntos
Neste barco sem direção

Entre os poderosos da nação
Não existe corrupção
Trabalham noite e dia sem parar
Arrumando jeito de sua conta engordar

Sua majestade onipotente
Também conhecido como presidente
Desconhece todos os fatos
Acreditando que são apenas boatos

Certo, sempre esteve o Vandré.
A cantarolar sua indignação.

“Há soldados armados, amados ou não
Quase todos perdidos de armas na mão
Nos quarteis lhes ensinam uma antiga lição
De morrer pela pátria e viver sem razão...”

Assim, também nos encontramos!
Perdidos, indignados e com razão!
Depois de mais de quinhentos anos
Ainda não encontramos o rumo desta nação.
John Vask
Enviado por John Vask em 15/10/2007
Reeditado em 16/10/2007
Código do texto: T694660

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
John Vask
Ipatinga - Minas Gerais - Brasil, 60 anos
92 textos (29277 leituras)
1 e-livros (50 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 11:56)
John Vask