Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

machuca

garganta rasga cada letra de teu nome,
gritos que ninguém consegue ouvir.
nem posso me olhar no espelho,
não me vejo como um dia vi.

olho comprimi as lágrimas que ficam,
que rolam para dentro do coração,
pra que ninguém possa saber
como é triste a solidão.

dentes rangem todo o meu desespero,
trancam essa inquieta língua minha
que sofre por não ter gosto
e ter que viver sozinha.

mãos imaginam o que seria o encontro,
vagam no ar modelando teu corpo
como fosse um abraço forte,
deixando-me quase louco.

saudade tritura tudo que era meu sonho,
ensina o caminho errado da solidão,
machuca quase tudo que há mim,
só me sobrevive a paixão.
DJ
Enviado por DJ em 15/10/2007
Código do texto: T694732

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor, cidade e estado). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DJ
Jucás - Ceará - Brasil, 33 anos
86 textos (2329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 08:31)
DJ