Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOZINHOS


Passado:
Vento aberto,
Esperança flamejante,
Futuro correndo solto.

Com planos,
Trabalho e harmonia,
Um par.
Fazendo juras,
Amando, fecundando,
Germinou a primeira semente:
Foi ela.
Radiante, linda,
Nossa menina
Rompeu fronteiras
E faz seus planos,
Deixando o futuro correr solto.

Em terreno fértil,
A segunda semente germinou:
Foi ele.
Forte, bonito, altivo – um postal.
Nosso menino,
Escuta a voz do vento
E vai.
Busca venturas noutras plagas,
Com esperança flamejante.

Como o pai,
Igual a mãe,
Rompem com a casca do ovo,
Estufando o peito e,
Levando na mochila,
A saudade de um ambiente morno,
Aconchegante.

Sozinhos,
Eu e ela,
Ficamos a contemplar
O renascer de um novo tempo.

Rui Azevedo 15.10.2007



Rui Azevedo
Enviado por Rui Azevedo em 15/10/2007
Código do texto: T695715
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rui Azevedo
Teresina - Piauí - Brasil
176 textos (16382 leituras)
1 e-livros (517 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 07:09)
Rui Azevedo