Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REPRESENTANDO

Sou um ator nessa vida...
Representando o meu papel!
Que às vêzes me agrada...
E outras vêzes é cruel!

Fecha a cortina do palco...
Cada vez que vou dormir!
E com o meu despertar...
Novamente irá se abrir!

Não calculo os papéis...
Que me reservou a vida!
Começou no nascimento...
Termina na despedida!

Represento o Romeu...
De Sheakspeare certamente!...
Cada vez que estou amando...
De uma forma permanente!...

Se uma Julieta mexe...
Com o coração da gente!

Represento o ser humano...
Como deveria ser!
Se cometo gestos nobres...
Que só vêm me engrandecer!...

E de tantas injustíças...
Me fazem até esquecer!

Sem saber qual o script...
Que a vida me dará!...
Eu só sei que a cada dia...
Tenho de representar!...

Esse papel de viver...
Difícil de executar!


Nota do Autor: Poesia escrita quando eu era ainda solteiro. Hoje tenho a minha espôsa Creusa, que é a minha Julieta amada há 17 anos.
Antonio Alves
Enviado por Antonio Alves em 17/10/2007
Código do texto: T697690
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Alves
Serra - Espírito Santo - Brasil, 55 anos
4710 textos (116439 leituras)
10 áudios (3165 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 13:19)
Antonio Alves