Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Crueldade




Se a noite passada
Desenhasse o meu sofrimento,
O alvorecer do dia
Talvez não tivesse chegado.
Pois, que acordei pela força do espírito
Que me chamou
Na hora mais difícil do meu viver.
Me desprender do torpor inercial
Foi a maior crueldade daquele momento.
Meus olhos não traduziam vida e nem vontade,
Meus músculos e nervos eram somente entregas.
E daquela noite da minha vida
Apenas ficou o curto espaço do entendimento.
Do saber da vida e contemplar a morte
Do saber da morte e não ter forças para a vida.

Vicente Freire - 27 de setembro de 2007.
Vicente Freire
Enviado por Vicente Freire em 17/10/2007
Código do texto: T697803

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vicente Freire
Belford Roxo - Rio de Janeiro - Brasil, 63 anos
280 textos (22852 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 17:52)
Vicente Freire