Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Matrimônio

Te escravizei,
mesmo sem chicote:
te arranquei
da tua casa
e dei calote
na hora
de pagar
o dote...

E embora
poucas coisas
eu tenha te
negado,
se quiser
tua alforria,
chame um
advogado...

A "esta altura",
não mais me atura:
prefiro me manter
em silêncio
(perguntas
e respostas...),
até que alguma
morte nos una
(tomara que
seja somente
o falecimento
do meu orgulho...)... ...

Desculpe-me
por sua proteção
não ser assegurada
pela Lei Áurea...
Valdir Júnior
Enviado por Valdir Júnior em 17/10/2007
Reeditado em 26/02/2013
Código do texto: T697884
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valdir Júnior
Ribeirão das Neves - Minas Gerais - Brasil, 35 anos
83 textos (1560 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 05:30)