Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"LUXURIA POETICA"

Na amplitude da visão imaginária, posso "através dos versos" plainar no infinito, na gostosa presença de Icaro.
Ao me ver sucumbido pelas arestas do não compreensivo labor, ergo-me e me refaço com toda a imponência desperta da Fênix.
Faço de Helena, o meu obstinado objeto de prazer, mergulharei na profundeza limitação do seu interior, e fitarei seus rosto corado, seus lábios trêmulos, convidativos á lascivia dos meus beijos.
Sentirei suas contrações internas como se sua vontade fosse devorar-me dentro dela.
Verbarizaria palavras obsenas aos seus ouvidos e com fortes golpes, faria adormece-la extenuada,exaurida descontrolada e louca.
Com meus versos, ateio fogo em morgana e sorrirei, vendo-a vitima da sua descoberta e do seu invento.
Mergulhado no Nilo, teria a felicidade de emergir  nas confluências das perfumosas pernas de Cleopatra. E, aproveitando o ensejo, levaria na boca uma uva dourada e a depositaria no seu intimo mais escondido e sensivel,para sugar junto com seu nectar de felina no cio, a viscosidade do transe cumplicidado entre ela e eu.


Posso tudo, se a pena e a inspiração, sempre acompanhar a minha caminhada alucinada e imaginária de poeta.
CARLOS SILVA POETA CANTADOR
Enviado por CARLOS SILVA POETA CANTADOR em 17/10/2007
Reeditado em 17/10/2007
Código do texto: T698279
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CARLOS SILVA POETA CANTADOR
Cipó - Bahia - Brasil, 54 anos
162 textos (8713 leituras)
3 áudios (315 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 16:16)
CARLOS SILVA POETA CANTADOR