Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lá vem ela, Crisoste!

Lá vem ela, Crisoste, lá vem ela,
Se ela te pega, Crisoste, se ela te pega.
Te arranca da goiabeira, pega cipó de michila,
Te amarra naquela barrigudeira e te dá
Aquela pisa.

Lá vem ela, Crisoste, lá vem ela.
A carga da jumenta tá tão grande
Que a bichinha tá quase arrastando
O bucho no chão.
Ô mulher malvada, Crisoste, a tua mãe.
Cuidado, que se ela te pega... não sei não...

_ Crisoste, menino do cão,
me ajuda a apear a carga da jumenta.
Tenho que botar a mandioca pra pubar ainda
Esta noite. Crisoooooste! Menino dos inferno.

Lá vem ela, Crisoste, lá vem ela.
A cara velha é um aperreio,
que só Deus e a Virgem Maria.
Cuidado com ela, Crisoste, cuidado com ela!
Se ela te pega furando a bananeira,
ela te deixa com avaria.

_ Crisoooooste, diabo! Vem cá me ajudar a salgar
A lavica, que é comida de trabalhador amanhã.

Lá vem ela, Crisoste, lá vem ela.
A saia vem balançando no balancear do corpão.
Se ela te pega com essa jumenta Crisoste,
Fazendo saliência, Crisoste,
Ela te corta de cipó,
te dá pisa, te adoece, tu fica mole, Crisoste.

_ Crisooooste! Crisooooste!
Arpejo
Enviado por Arpejo em 17/10/2007
Reeditado em 14/11/2007
Código do texto: T698458

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor w o link para o site "www.sitedoautor.net"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Arpejo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 40 anos
83 textos (3550 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/17 06:02)
Arpejo