Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Raias da Loucura
 
Loucura,
cavalo alado
que uma vez montado
galopa sobre os canteiros da noite
reanimando flores fantasmas...
 
 
Loucura,
flor de cogumelo
no sangue do recém nascido
desgraça que não tem nome
realinhando os fios do destino...
 
Loucura,
estrela de cinco gumes
bala perdida na própria carne
fogo eterno ardendo dentro
do corpo inquilino...
 
 
ULISSES de ABREU
Enviado por ULISSES de ABREU em 17/10/2007
Reeditado em 17/10/2007
Código do texto: T698636

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite nome do autor e endereço para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ULISSES de ABREU
Viçosa - Minas Gerais - Brasil
608 textos (207603 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 17:54)
ULISSES de ABREU