Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
"A Um Amigo Internado às Pressas" = Poesia de Solidão=

Meu pobre e velho amigo...
É tão duro vê-lo internado...
Não poder contar contigo
Ficar um tempo separado

Você não poderá imaginar
Quanto tristeza que senti
Pelas ruas a te carregar
Sem saber o que seria de ti

Quieto, inerte,sossegado,
Se deixava por mim levar
Pois estava desmemoriado
Eu tinha que me preocupar

Você desfalecia de repente
Enquanto estava escrevendo
Eu passava raiva fervente
E você é que estava sofrendo

Mas o técnico me prometeu
Que dobrará sua memória ram
Trocará a fonte que derreteu
E que te devolverá até amanhã
                 
  Pecê, não quero que fique enciumado quando voltar e ficar sabendo que usei outro computador emprestado, que é o de minha mãe.
Não trocarei você por nenhum outro neste mundo (até pagar a última prestação, pelo menos...).


Fernando Brandi
Enviado por Fernando Brandi em 18/10/2007
Reeditado em 18/10/2007
Código do texto: T699574

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando Brandi
São Paulo - São Paulo - Brasil, 70 anos
1392 textos (191000 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 04:05)
Fernando Brandi