Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tropa de Elite

Tropa de Elite osso duro de roer
Pega um, pega geral, também vai pegar você

Bandido é bandido
Jamais mocinho
Ainda se perguntam
do porque de tanta violência
Não existe explicação, ta na cultura
Romantização do crime
e deturpação do certo
Culpa dessa midia mediocre, Brasileira
como se todo crime fosse cometido por uma questão social

Bandido é Bandido
jamais mocinho
Lutamos para conseguir nosso pão dia a dia
Isso é dignidade
o que ainda mantém o país de pé,
pessoas dignas
que lutam e defendem o certo.

Dos dois lados há bandidos,
de colarim, de chinela, de farda ou de limosine,
Por todo lado temos bandidos
E mesmo cansados de saber
continuamos aqui estagnados
Calados...
Calados não, reclamões
Geração Reclamação que nada faz
por nada luta, nada teme, só reclama

Mas ainda assim vale a FÉ Brasileira
Pois ainda há esperança.
Guilherme Piza
Enviado por Guilherme Piza em 18/10/2007
Reeditado em 18/10/2007
Código do texto: T700378

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (guilherme piza). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Guilherme Piza
Batatais - São Paulo - Brasil, 27 anos
23 textos (1878 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 19:02)
Guilherme Piza