Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Retrato em Preto & Branco

Um brinde
À todas as pessoas mortas, assassinadas
Chacinadas em nome do Amor
Ao horror dominante
Quando a porta se fecha e a última visita vai embora
Às paredes chocadas pelo grito que não sai da garganta
Um brinde às lágrimas
Que molham o travesseiro mas não lavam a alma
À todas as crianças que não nasceram,
Esquartejadas sem poder se defender
Nossos Ypis e Urras, soluços e urros
Nosso maior sorriso e nosso melhor uivo
Um brinde à todos os doentes
Que vão morrer sem uma palavra de consolo
E à todos os idosos relegados aos asilos e ao abandono
À todos que esperam a vida após a morte
E passam pela vida sem viver
Aos fiéis que não sabem a quem rezar
Aos cadáveres em cima dos altares
Um brinde à todos que acreditam
Na dor como degraus de evolução e elevação
E perdem o sentido de ser nos dias tranquilos e nos sorrisos sem motivo
Aos falsos testemunhos e aos inocentes condenados,
Ergamos nossas taças
E brindemos,
Sim brindemos
Aos bons sentimentos
Às boas palavras que morrem no peito
E não semeiam outros corações
Aos campos desertos e aos desertos sem oásis
À todas as ilusões, mentiras e miragens
À vingança e seus inúmeros sabores
Aos homens da Lei e seus horrores
À desolação amarga nas lágrimas dos mentores,
Um cowboy duplo, triplo, num só gole!
Lady Loen
Enviado por Lady Loen em 19/10/2007
Reeditado em 02/11/2013
Código do texto: T701197
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lady Loen
Taubaté - São Paulo - Brasil, 41 anos
109 textos (18653 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 22:20)
Lady Loen