Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SÓ UM RECADO

Nadir A D'Onofrio

Quisera
Um poeta ser
Em palavras externar
O que sente um coração
Sedento de amor
Que vibra de emoção
Tendo que sufocar a paixão...

Quisera
Poder expressar,
O sentimento de alegria, prazer,
Ao sentir a chuva cair, na terra salpicar.
Ou ainda, fazer você ouvir
Os acordes, contidos na melodia
Suave que, o vento traz...

Quisera
Ter poder, chegar até você
Dizer dos meus sentimentos
Puros, impregnados de amor.
Isento de ciúmes, possessão.
Outrora... maliciosos
Apimentados, voluptuosos!

Como, poeta... eu não sou!
Fica só um recado...
Deixe-se levar pela imaginação,
Viva hoje, como se não existisse o amanhã.
Ame com a força de um tornado
Deixe a emoção sobrepujar a razão!
Seja feliz agora, depois... sofra com a desilusão...

Sentimentos existem,
Para serem vivenciados.
Portanto não se envergonhe,
Diga... eu não sei fazer!
Chore se tiver vontade!
Sorria de felicidade!
Ame... com intensidade
05/10/2004
Santos SP













 





Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 19/03/2005
Reeditado em 04/11/2016
Código do texto: T7013
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir DOnofrio
Santos - São Paulo - Brasil
941 textos (96685 leituras)
145 áudios (12768 audições)
18 e-livros (4283 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 19:05)
Nadir DOnofrio

Site do Escritor