Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se não Houvesse

Poesia nem sempre termina em rimas
E a vida às vezes tem dissabores
Hoje me atropelo em nossas cismas
Amanhã me reencontro em novos amores

O que seria do humor
Se não houvesse a tristeza?
E o que dizer da doçura
Se não houvesse aspereza?

O que seria do ódio
Se não houvesse o amor?
E o que dizer do perdão
Se não houvesse o rancor?

Por que buscar a paz
Sem que haja dissensão?
Existiria o contrário
Se não houvesse a contramão?

O que dizer do “eu”
Se não houvesse o “você”?
E o que seria da angustia
Se não houvesse o prazer?

Como seria a vida
Se não houvesse a morte?
O que seria do jogo
Se não houvesse a sorte?

O que seria da preza
Se não houvesse o predador?
E o que dizer da ferida
Se não houvesse a dor?

O que seria da cura
Se não houvesse a doença?
Por que buscar a concórdia
Se não houver a descrença?

O que seria do aplauso
Se não houvesse o ator?
E o que dizer da canção
Se não houvesse o cantor?

Se não houvesse
Se não houvesse

Se não houvesse a cor
O que seria do tom?
Se não houvesse o licor
O que seria do bombom?

Se não houvesse o cigarro
O que seria do pulmão?
Se não houvesse a Maria
O que seria do João?

Se não houvesse a boca
O que seria do batom?
Se não houvesse a Eva
O que seria do Adão?

Se não houvesse o piolho
O que seria do “ESCABIN”?
Se não houvessem os meus monstros
O que seria de mim?

Se não houvesse
Se não houvesse

O que seria do “americano”
Se não houvesse o alemão?
O que dizer do brasileiro
Se não houvesse o argentino?

O que seria do Palmeiras
Se não houvesse o Timão?
E o que dizer dessa rima
Se não houvesse o menino?

12/02/06
Anjelus
Enviado por Anjelus em 20/10/2007
Código do texto: T702859

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Anjelus
Apucarana - Paraná - Brasil, 40 anos
142 textos (2994 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 01:53)
Anjelus