Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Selvagem sufoco

Palavras entrelaçadas
Consomem meu pensar
E elegantemente ofego,
Suspiro e choro,
Choro pelos poros
Com a suave transpiração
Falo com meus sentidos
E galanteio meu coração.
O aperto curtinho
Degenera o arrependimento
Faz dos sons
Delírios questionáveis
E dos males
Sensações flutuantes
E às vezes amáveis.
Covarde desejo
Castra as vontades
Suspira em meu ar
E nem se quer
Roubas um beijo,
Nada ao sentir
Antes que algo
Possa invadir
O selvagem sufoco
Que resguardo meu ser.

ZUKER
Enviado por ZUKER em 21/10/2007
Reeditado em 21/10/2007
Código do texto: T703923

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ZUKER
Fortaleza - Ceará - Brasil, 39 anos
503 textos (16073 leituras)
4 e-livros (78 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 21:39)