Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meditabundo


Quando tudo parecia diferente
Eu era mais uma
Quando tudo parecia maior
Eu era apenas uma criatura
Quando tudo crescia
Eu continuava a mesma
Tantas mudanças, tantas transformações
Que fazem do meu mundo ainda o mesmo
Ou um tanto menor, quem sabe?
Minhas idéias mudam conforme o relógio
Meus conceitos permanecem junto ao passado
E mesmo assim me pergunto “quem eu sou?”
Seria eu uma intelectual?
Ou quem sabe mais uma normal?
Prefiro acreditar que sou um jogo de palavras
Com pontos, virgulas, interrogações e exclamações
E por que não aquela personagem das histórias que você tanto lê?
Das milhares de alternativas prefiro a incógnita
E a beleza da incerteza do que sou.
Evelyn Varella
Enviado por Evelyn Varella em 22/10/2007
Código do texto: T704243

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Evelyn Varella
Indaiatuba - São Paulo - Brasil, 28 anos
38 textos (4170 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 03:33)
Evelyn Varella